Ave Maria: A Oração que Virou Hit nas Paradas Musicais

ave maria

Quando você pensa em Ave Maria, a primeira coisa que provavelmente vem à mente é uma senhora de véu rezando concentradamente um terço. Mas que tal se eu te disser que essa antiga oração mariana também é uma das letras mais famosas do mundo da música?

Pois é, do latim aos palcos, a Ave Maria conquistou multidões muito além dos muros da igreja. Essa breve prece em louvor a Maria, mãe de Jesus, acabou virando fonte de inspiração para alguns dos maiores compositores de todos os tempos.

A aventura musical desta música maravilhosa começou lá no século XVIII, quando o austríaco Franz Schubert resolveu fazer uma delicada melodia usando as palavras da oração. Seu “Ave Maria” tornou-se um clássico atemporal.

Mas não parou por aí. Compositores como Gounod, Verdi, Caccini e até o rock star David Bowie criaram suas próprias versões dessa antiga ladainha religiosa. Porque, convenhamos, quando o assunto é poesia e musicalidade, aquelas poucas linhas da Ave Maria são de arrepiar.

Das catedrais às óperas e concertos de música erudita, essa oração ressoou por séculos como um lindo mantra melódico. E mesmo nos dias de hoje, ainda é comum ouvi-la sendo entoada em corais de igrejas e apresentações musicais.

Então na próxima vez que tocar uma dessas Ave Marias seculares nos autofalantes, pare e pense: essa pequena grande prece mariana realmente alcançou alturas celestiais de fama! Aleluia e amém para a música sacra mais popular de todos os tempos.

Aprenda a Tocar Ave Maria de Gounod

Embora esta seja uma música fácil de tocar pelo dedilhado, esta peça é desafiadora em relação à expressão musical. Ela vai exigir de você um desenvolvimento do controle do ar e da afinação. Além disso, ela pode ter um papel importante na redução do estresse que pode tornar o seu aprendizado uma experiência enriquecedora e terapêutica.